SigEleição

Aqui você encontra respostas às principais dúvidas sobre o Sistema Integrado de Gestão de Eleição - UFPB.

Introdução

O sistema utilizado para eleições na UFPB é o SigEleição. O usuário e senha são os mesmos de acesso aos SIGs (SIGAA, SIGRH, SIPAC).

Funções na comissão eleitoral

PRESIDENTE

É o responsável pela eleição, define que atitudes devem ser tomadas se ocorrer algum problema durante a eleição. Em caso de eleição auditada é responsável por gerar as chaves de seguranças da eleição. Deve estar disponível durante todo o período da eleição.

MEMBRO

Podem acompanhar a eleição visualizando dados disponíveis no sistema, como número de votos registrados e quantidade de eleitores que votaram até o momento. Também podem homologar o resultado final da eleição, caso o presidente lhe dê as chaves de segurança, delegando essa função.

OBS.: O comitê eleitoral deve possuir um membro na função de PRESIDENTE.

Eleições auditadas

Caso a eleição seja auditada serão geradas chaves de segurança para a eleição de responsabilidade do presidente da comissão eleitoral que deverá (sempre que solicitado) informar essa chave ao sistema novamente. Sem auditoria o presidente da comissão eleitoral não precisará se preocupar em gerenciar essas chaves, porém não será possível validar se os dados da eleição não foram alterados em benefício de algum candidato. No entanto, os membros da comissão eleitoral e os candidatos terão que confiar que a Superintendência Tecnologia da Informação (STI), como responsável pelo sistema, está agindo de forma imparcial.

Caso seja uma eleição auditada

Para a eleição entrar no ar em definitivo é necessário que o Presidente da Comissão Eleitoral a valide acessando o sistema SIGEleição e gerando a chave de segurança. Recomendamos deixar para gerar a chave mais próximo do início da eleição. Não gerar a chave mais de uma vez. O arquivo da chave de segurança deverá ser obrigatoriamente salvo (guardado em local seguro) pelo Presidente da Comissão Eleitoral, pois a eleição só poderá ser encerrada/finalizada, caso o arquivo-chave seja inserido (O arquivo não poderá em hipótese alguma ser extraviado e nem ter seu nome ou extensão renomeados - Este arquivo será salvo em um formato lido apenas pelo sistema SIGEleição).

OBS: Conforme já explicado, é imprescindível que o arquivo-chave da eleição seja guardado em um local seguro pelo presidente da comissão eleitoral.

OBS2: A eleição deverá ser encerrada após o período de votações pelo próprio presidente da comissão eleitoral (Procedimento realizado no link: “Homologar Resultados das Eleições”). Durante esse procedimento de homologação de resultados, o sistema solicitará também a chave de validação da eleição.

OBS3: Em qualquer hipótese a STI conseguirá gerar o resultado da eleição ou recuperar a chave de segurança se a mesma for extraviada.

Para que a votação possa ser realizada, o presidente precisa seguir os passos no sistema:

Para votar, o eleitor deve acessar:

O eleitor pode imprimir o comprovante de votação.

Para visualizar o resultado, o membro pode acessar:

Para homologar e publicar o resultado, o presidente deve acessar:

Número de votos por cargo

No SIGEleição é possível definir o número de votos por cargo que o eleitor deve realizar na cabine. Esse número também é usado para definir o número de vagas do cargo.

Ex.: Eleição “Eleição para o Conselho da Univeridade”.

Com os candidatos “C 01”, “C 02”, “C 03”, “C 04”, “C 05”. Se o número de “votos por cargo” for 3 (três), o sistema permitirá o eleitor votar em 3 candidatos para o mesmo cargo, em “C 01”,“C 03”, “C 05”, por exemplo. E os 3 candidatos mais votados serão considerados vencedores da eleição. Para fazer sentido, o número de candidatos por cargo deve ser maior que o número de votos configurado.

Obs.: Não é possível ter uma configuração diferente para a eleição de cada cargo, um vez definido o número de votos por cargo ele será usado para todos os cargos da eleição. Caso um cargo permita apenas um voto e outro permita três, é preciso configurar eleições distintas para cada cargo.

Modelos de cálculo de resultado de uma eleição

A SIGEleição possui 5 (cinco) fórmulas fixas para cálculo do resultado final, o mesmo não tem suporte a criar novas fórmulas dinamicamente.

Abiaxo é descrito os modelos de cálculo, presentes no SIGEleição, para gerar o resultado de uma eleição.

Total Absoluto de Votos

A chapa com mais votos absolutos será considerada vencedora pelo sistema.

R = Votos Grupo 1 + Votos Grupo 2 + … + Votos Grupo

Média Ponderada

A chapa vencedora será calculada por meio da média ponderada dos pesos dos grupos de eleitores.

R = [ (Votos Grupo 1 * Peso Grupo1) + (Votos Grupo 2 * Peso Grupo 2 ) + …(Votos Grupo N * Peso Grupo N ) ] / Soma dos Pesos

Soma Ponderada Normalizada

A chapa vencedora será calculada por meio da soma ponderada da quantidade de votos recebido por uma candidatura, dividido pelo total de votos no grupo de eleitores. Vencerá a candidatura com a maior soma final.

Ri = [Px * (Xi / Tx)] + [Py * (Yi / Ty) ] + ... + [ Pz * (Zi / Tz) ], onde:

Ri = Resultado Final de de votos da candidatura i;

Px = Peso do Grupo X
Py = Peso do Grupo Y
Pz = Peso do Grupo Z

Xi = O número de votos válidos do Grupo X na candidatura i;
Yi = O número de votos válidos do Grupo Y na candidatura i;
Zi = O número de votos válidos do Grupo Z na candidatura i;

Tx = Total de votos válidos do grupo X.
Ty = Total de votos válidos do grupo Y.
Tz = Total de votos válidos do grupo Z.

Soma Ponderada Normalizada Total

Será calculado o coeficiente para cada chapa de votação. Ganhará a eleição a chapa que tiver o maior coeficiente.

Ci = [Px * (Xi / T)] + [Py * (Yi / T)] + ... + [Pz * (Zi / T) ], onde:

Ci = Coeficiente de votos da candidatura i;

Px = Peso do Grupo X
Py = Peso do Grupo Y
Pz = Peso do Grupo Z

Xi = O número de votos válidos do Grupo X na candidatura i;
Yi = O número de votos válidos do Grupo Y na candidatura i;
Zi = O número de votos válidos do Grupo Z na candidatura i;

T = Total de votos válidos para o cargo, em outras palavras, soma dos votos válidos de todas as candidaturas para um determinado cargo, independente do grupo, matematicamente: somatório de i até N de ( Xi + Yi + Zi ), onde N = número de candidaturas concorrendo ao cargo W.

Argumento Normalizado

Será calculado um argumento para cada candidatura de votação. Ganhará a eleição a candidatura que tiver o maior argumento. O argumento da candidatura é calculado da seguinte forma:

Arg = [ (Pi / P) + (Ti / T) + (Ai / A) ] * Q * 100, onde:

Q = 1 / ((Pt / P) + (Tt / T) + (At / A) )
Pi = Total de votos válidos do grupo P na Chapa i
Ti = Total de votos válidos do grupo T na Chapa i
Ai = Total de votos válidos do grupo A na Chapa i

Pt = Total de votos válidos do grupo P
Pt = Total de votos válidos do grupo T
At = Total de votos válidos do grupo A

P = Número eleitores grupo P
T = Número eleitores grupo T
A = Número eleitores grupo A

Soma Ponderada Normalizada dos Grupos

Ri = [Px * (Xi / (Kx/menorKxKyKz))] + [Py * (Yi / (Ky/menorKxKyKz)) ] + ... + [ Pz * (Zi / (Kz/menorKxKyKz)) ], onde:

Ri = Resultado Final de de votos da candidatura i;
Px = Peso do Grupo X
Py = Peso do Grupo Y
Pz = Peso do Grupo Z

Xi = O número de votos válidos do Grupo X na candidatura i;
Yi = O número de votos válidos do Grupo Y na candidatura i;
Zi = O número de votos válidos do Grupo Z na candidatura i;

Kx = Número de eleitores do grupo X.
Ky = Número de eleitores do grupo Y.
Kz = Número de eleitores do grupo Z.

menorKxKyKz = menor universo dentre os de Kx, Ky ou Kz

Obs.: Esse é o modelo usado na eleição para Reitor.

Dúvidas sobre Eleições na UFPB

Aqui você encontra respostas às principais dúvidas eleições na UFPB

Dúvidas sobre Eleições na UFPB

Quem pode cadastrar uma eleição?

O cadastro da eleição deve ser realizado pelo servidor que é presidente da comissão eleitoral. No caso de eleição de Centro Acadêmico, o cadastro deve ser feito pelo coordenador do curso.

Dúvidas sobre Eleições na UFPB

Como enviar solicitação de cadastro de eleição? Quais os dados necessários? Quanto tempo antes da eleição devo solicitar?

O cadastro de eleição deve ser realizado através do sistema SCE. Solicitações de cadastro de eleição através da criação de Processo no SIPAC não serão atendidas.

OBS.1: O prazo para iniciar o cadastro da eleição é de até 72 horas antes do início do pleito, e a publicação deverá ser feita em até 24 horas antes da votação iniciar. Nas 24 horas que antecedem o pleito, não será mais possível realizar alterações nos dados gerais, membros, cargos e candidaturas e/ou nos grupos de eleitores. Eleições que não forem publicadas nesse prazo serão automaticamente canceladas.

OBS.2: O acompanhamento das eleições, após a publicação do cadastro, continuará a ser realizado no SIGEleição.

Mais informações sobre o cadastro no sistema SCE

Dúvidas sobre Eleições na UFPB

Eleições com candidatura única podem ser cadastradas?

O cadastro de eleição com candidatura única pode ser realizado normalmente.

Dúvidas sobre Eleições na UFPB

Quem pode ser cadastrado como eleitor de uma eleição no SIGEleição?

Somente pessoas com registro nos SIGs podem ser inseridas nos grupos de eleitores.

Dúvidas sobre Eleições na UFPB

No caso de eleição auditada, quem é o responsável por gerar a chave de segurança?

No caso de eleição auditada, o responsável por gerar a chave de segurança é o presidente da comissão eleitoral. Ele deve guardar a chave gerada e estar disponível durante todo o período da eleição para, caso seja solicitado, informar essa chave ao sistema.

Dúvidas sobre Eleições na UFPB

Como acessar o SIGEleição? Com qual usuário e senha? Como ter acesso ao código de votação solicitado na página posterior ao login?

O sistema está disponível em: SIGeleição. O usuário e senha de todos os que precisam acessar o sistema de eleição são os mesmos de acesso aos SIGs (SIGAA, SIGRH, SIPAC). Após o login, o sistema solicita a validação de um código de votação enviado para o e-mail do usuário e só então libera o acesso.

1º passo: Preencher o login, a senha e os caracteres da imagem dessa tela

sigeleicao-01-tela_de_login.png

2º passo: O sistema envia o código de votação para e-mail